A TELEVISÃO BRASILEIRA NA DÉCADA DE 50

tv clássicos
0


 Quando a televisão surgiu no Brasil, oficialmente dia 18 de Setembro de 1950, a grande dúvida era como fazer tv. Não havia um ´´manual de instrução de como fazer´´. Oque existia era formas  de entender , através de tentativas, como funcionava. 

Teatro, rádio e o cinema tinham sua própria linguagem definida , assim como o perfil de público. Mas e a televisão, qual seria linguagem ou público?

 Quando Assis Chateaubriand , dono do maior grupo de comunicação, que durante décadas manteve um império que chegou a ter 36 jornais , emissoras de rádio e editoras, teve a ideia de implantar a TV em solo brasileiro, não pensou no desafio e sim no quanto seria útil esse pioneirismo junto aos seus muitos anunciantes, oque de fato ocorreu. 

Mas e quanto a programação? Bem, a TV em seus primórdios era um balão de ensaio, tudo era testado ao vivo, afinal o vídeo tape ainda não existia, e os poucos abastados que tinham um cobiçado aparelho de televisão sinalizavam sobre oque valia apena ser mantido no ar, e essa sinalização era feita  através de telefonemas, onde os poucos, telespectadores ligavam para a emissora, criticando ou elogiando.

 Os produtores eram os próprios patrocinadores, eram eles que escolhiam o título, por essa razão  muitas atrações recebiam o nome do anunciante: Boliche Royal, Gincana Kibon, Teatrinho Trol..assim como , também, escolhiam o elenco. A TV no Brasil foi uma ´´aventura´´ que deu certo. 






Postar um comentário

0Comentários
Postar um comentário (0)